OAB/MA COBRA POR VACINAS CONTRA GRIPE E REVOLTA ADVOGADOS


Logo após ter sido eleito fazendo uma cara campanha, com grandes festas em buffets luxuosos, Thiago Diaz vem tomando várias medidas que estão irritando os advogados do maranhão por sua total inversão de prioridades.

Enquanto a nova diretoria tomou posse no hotel mais chique de São Luís, o Blue Tree Hotel, em um evento para mais de mil pessoas da elite maranhense com comes e bebes, os advogados do maranhão precisam lidar com o terceiro maior reajuste de anuidade do brasil, além de cursos pagos, que antes eram gratuitos, obras inacabadas no prédio da OAB/MA e a demissão de vários funcionários antigos da casa.

Essa crise financeira que vem passando a OAB/MA nos primeiros meses de 2019 teve um novo capítulo, agora envolvendo as vacinas de H1N1 que tradicionalmente eram entregues aos advogados de forma gratuita.

Esse ano, pela primeira vez, foram cobradas as vacinas, mesmo o advogado já tendo sua anuidade paga. E o que revoltou ainda mais os advogados foi a “fake news” da Vice-Presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Maranhão , Cristiane Ribeiro, ao afirmar que todas as Caixas do Brasil estariam cobrando pelas vacinas.

Só que uma rápida pesquisada em outros estados mostrou que vários seccionais continuam distribuindo as vacinas de forma gratuita, inclusive não só na capital, mas em todo o estado, diferente do que ocorre no Maranhão.

E fica a pergunta feita pelo advogada Janaina Jansen no instagram oficial da OAB: vão prestar contas de quanto foi gasto pela compra direto do Ministério da Saúde e quanto irão arrecadar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *