Maranhense Rayssa Leal faz história e, aos 13 anos, conquista prata nas Olimpíadas de Tóquio

Rayssa Leal fez história só ao entrar na pista em Tóquio ao se tornar a mais jovem da história a representar o Brasil em Jogos Olímpicos. Mas isso não bastava para a maranhense de 13 anos, ela queria mais. Depois das eliminações das experientes Pamela Rosa e Letícia Bufoni, a garota era a única esperança do país na final olímpica do skate street feminino. E ela não decepcionou e conquistou a medalha de prata para o Brasil.

Com a conquista da medalha de prata, Rayssa Leal quebrou mais um recorde. Ela superou Rosangela Santos, que era a mais jovem medalhista da história do país ao ganhar o bronze em Pequim-2008 no revezamento 4×100 do atletismo aos 17 anos. “Não caiu a ficha ainda de poder representar bem o Brasil e ser a mais nova a ganhar uma medalha. Eu estou muito feliz e esse dia vai ficar marcado na história”, afirmou Rayssa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *