Guimarães-Prefeito é cassado por abuso de poder e compra de votos

 

Osvaldo Gomes (PDT), prefeito cassado em Guimarães

Uma decisão assinada pela juíza Mara Carneiro de Paula Pessoa, da 30ª Zona Eleitoral do Maranhão, culminou na cassação da chapa eleita em 2020 na cidade de Guimarães, Osvaldo Luís Gomes e Maxwell e Silva Pereira, prefeito e vice-prefeito do Município.

A dupla é investigada por abuso do poder econômico, de autoridade, político ou dos meios de comunicação social e compra de votos. Ocorre que na época da campanha eleitoral foi constatado que o prefeito pedetista fornecia combustível a diversos eleitores no posto de gasolina com contrato junto a Prefeitura de Guimarães em troca de votos para a chapa e para outros candidatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *