Prefeita de Arame descumpre decreto dela mesma que proíbe reuniões

Uma prefeita do Maranhão deve ser obrigada a pagar, no mínimo, uma multa de R$ 500 depois de descumprir decreto editado por ela mesma durante a pandemia da Covid-19.

 

Jully Menezes administra a cidade de Arame. No início desta semana ela publicou decreto proibindo, dentre outras coisas, “a realização de festas, shows e reuniões de qualquer tipo”.

A própria prefeita, no entanto, descumpriu a determinação e realizou uma reunião política numa aldeia indígena. Detalhe: muita gente sem máscara por lá.

Pagará Jully Menzes a multa que ela mesma instituiu?

Foi o que questionamos à Prefeitura de Arame por email. Aguardamos retorno.

Fonte Gilberto Leda

Sobre Blog do Pinheiro

Veja Também

Atenção MP! ex-prefeito deixou rombo de mais R$ 6 milhões na prefeitura de Lago da Pedra , aponta relatório de 2020 .

Ex- prefeito Laércio Arruda  deixou uma dívida de mais de 6 milhões  de reais ao ...

Prefeitura de Lago da Pedra convoca servidores públicos municipais para recadastramento

A Prefeitura Municipal de Lago da Pedra  por intermédio da Secretaria de Administração, CONVOCA todos ...

Feira Livre do Bairro da Cohab recebe visita de secretário Liviomar Macatrão

Na tarde desta terça-feira, 05, o Secretário Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Liviomar Macatrão, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *