Prefeita de Arame descumpre decreto dela mesma que proíbe reuniões

Uma prefeita do Maranhão deve ser obrigada a pagar, no mínimo, uma multa de R$ 500 depois de descumprir decreto editado por ela mesma durante a pandemia da Covid-19.

 

Jully Menezes administra a cidade de Arame. No início desta semana ela publicou decreto proibindo, dentre outras coisas, “a realização de festas, shows e reuniões de qualquer tipo”.

A própria prefeita, no entanto, descumpriu a determinação e realizou uma reunião política numa aldeia indígena. Detalhe: muita gente sem máscara por lá.

Pagará Jully Menzes a multa que ela mesma instituiu?

Foi o que questionamos à Prefeitura de Arame por email. Aguardamos retorno.

Fonte Gilberto Leda

Sobre Blog do Pinheiro

Veja Também

Lago do Junco- SEMED realizará Jornada Pedagógica 2021 de 2 a 5 de março.

A Prefeitura de Lago do Junco, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), promoverá ...

Petrobras anuncia novo aumento nos preços do diesel e da gasolina

Nesta segunda-feira (1º), a Petrobras anunciou um novo reajuste nas refinarias de 4,8% na gasolina ...

Covid-19: Maranhão confirma primeiro caso da variante P.1

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) recebeu da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) o resultado ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *